04/01/12

O Sexismo das indústrias de brinquedos questionado por uma garotinha de 4 anos

"Algumas meninas gostam de super-heróis, outras meninas gostam de princesas. Alguns meninos gostam de super-heróis, outros meninos gostam de princesas... Então por que todas as meninas têm que comprar coisas cor-de-rosa e todos os meninos devem comprar as coisas de cores diferentes?"

Riley Maida, 4 anos, questiona o sexismo da indústria de brinquedos


Riley Maida tem apenas 4 anos de idade e fez um questionamento que muitos pessoas já fizeram: Por que TUDO que é para meninas tem que ser cor-de-rosa? Por que meninas tem que se inspirar em princesas? Por que é tão difícil encontrar roupas de outras cores para meninas? Por que este sexismo das indústrias de produtos para crianças?

Longe de mim criar aqui polêmicas feministas, mas eu nunca curti muito cor-de-rosa, princesas, etc. Minha filha, Rafaela, que hoje tem 16 anos também não era muito fã de bonecas e cores de menina (rosa, lilás) quando pequena, e  para mim isto nunca fez a menor falta. 


O vídeo original da garotinha Riley questionando o sexismo da indústria de brinquedos foi publicado no YouTube pelo pai dela e já foi visualizado 2,8 milhões de vezes. Que o vídeo de Riley inspire os pais a ensinarem seus filhos o quão bobo é este negócio de cor de menino, cor de menina, brinquedo de menino, brinquedo de menina, etc. E que estas contestações cheguem as indústria de produtos para crianças (brinquedos, roupas, etc) e que estas pensem em produzir produtos menos fúteis e mais inspiradores para meninas e meninos.

Fonte Blog do Inagaki
Imagem daqui

A Gisele do Kidsindoor também escreveu sobre o assunto http://kidsindoors.blogspot.com/2012/01/meninas-x-rosa-e-princesas.html